Vá, sina!…

A ministra da Saúde, restringiu ontem, 8-2-2021, a aplicação da vacina da AstraZeneca a pessoas com menos de 65 anos, noticia a Reuters. Marta Temido abre uma exceção para casos em que o Estado não tenha alternativa.

As contradições do Governo socialista no processo de vacinação continuam, depois da alegada fraude por personagens ligadas ao poder, das decisões erráticas no confinamento e do adiamento do encerramento das escolas até à antevéspera das eleições. O processo tem sofrido hesitações na compra de vacinas, encomenda da vacina insegura da AstraZeneca, anulação de parte da encomenda da vacina da Moderna, desconhecimento do plano, decisões ad hoc de alteração de prioridades na escolha dos grupos a testar, lentidão na aplicação.

Os problemas ocorrem no escalão mais elevado de decisão, o Governo, e não na aplicação das vacinas pelo competente pessoal médico e de enfermagem.

Perante a pior situação de mortos diários por Covid-19 de Portugal no mundo, o primeiro-ministro não apresentou apresentou a sua demissão ou a de qualquer membro do Governo. Tão pouco houve, da parte do presidente da República, qualquer pressão neste sentido.


Redação

Partilhar

Latest comment

  • Demissão propriamente dita não, mas vai conseguindo silenciar algumas vozes dissonantes que ousam acusar em público o governo de andar a correr atrás do prejuízo!

Post a Reply to Velho do Restelo Cancel Reply