Tovaritch Medina

* imagem editada

A propósito do fornecimento, pela câmara dirigida por Fernando Medina, à embaixada russa e ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, dos nomes, moradas, telefones e mails, de três manifestantes anti-Putin (dois deles de nacionalidade russa e portuguesa) de um protesto realizado em 23-1-2021, em frente à embaixada da Federação Russa, em Lisboa, que o Expresso e o Observador, de 9-6-2021, noticiaram. Tal facto é muito grave, tendo em conta a forma soviética como o governo russo e os seus serviços secretos FSB tratam os opositores.

Fernando Medina é filho de Edgar Correia e de Helena Medina, que tiveram papel de grande relevo no Partido Comunista Português, de linha soviética estalinista. O pai, Edgar Correia foi um histórico dirigente comunista, partido no qual militou durante 37 anos, e pertenceu à Comissão Política do Comité Central, e abandonou em 2002. A mãe, Helena Medina, era funcionária do partido, controleira do setor intelectual e também membro do Comité Central.

Na sua página da Wikipédia, onde se destaca a sua ascendência de condes e viscondes, não aparece qualquer referência à militância dos pais. Aí se diz que Medina, nascido em 1973, no Porto, se aproximou do Partido Socialista, nos Estados Gerais que Guterres lançou. E ainda que seja descrita a sua participação no associativismo académico, nenhuma referência partidária é feita. Fica, então, a pergunta: Fernando Medina militou no Partido Comunista entre os 18 e os 22 anos de idade?

É que um indivíduo pode sair do estalinismo, mas o estalinismo nunca sai do indivíduo…

Partilhar

Latest comments

  • Esta armadilha e encenação montadas pelo Partido Socialista (PS), o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML) Fernando Medina, e os partidos que se encontram na Assembleia da República (AR), colocam a República de Portugal (RP) numa situação muito complicada e vergonhosa.

    A russofobia e o discurso anti-Rússia adoptado pelos intervenientes nesta polémica assim como a comunicação social Portuguesa, mais parece um pedido vindo de fora, para levar Portugal a confronto diplomático desnecessário e infundado com a Federação da Rússia (FR).

    Felizmente a Embaixada da Federação da Rússia em Portugal, já esclareceu todo este cenário embaraçoso para o qual Portugal e a República foram empurrados por políticos, partidos, um presidente de câmara, e os média Portugueses:

    – Nota à imprensa

    https://portugal.mid.ru/pt_PT/novosti-posol-stva/-/asset_publisher/P6kOccl0Cegh/content/kommentarij-dla-smi?redirect=%2Fpt_PT%2Fnovosti-posol-stva&inheritRedirect=true

    – Embaixada da Rússia não enviou dados de manifestantes a Moscovo, afirma embaixador

    https://observador.pt/2021/06/11/cml-embaixada-da-russia-nao-enviou-dados-de-manifestantes-a-moscovo-afirma-embaixador/

    P.S.: A comunicação social Portuguesa continua a dar destaque ao sr. Navalny como «líder da oposição» na Rússia, um indivíduo que nem sequer consegue atingir o número suficiente de votos para entrar na Duma e é totalmente desprezado pelos seus próprios compatriotas; inclusive a organização não governamental (ong) anti-corrupção liderada pelo sr. Navalny viram ser-lhes instaurado um processo judicial por lavagem de dinheiro:

    – Russia Probes Alleged Money Laundering By Opposition Leader Navalny

    https://www.rferl.org/a/russia-probes-alleged-money-laundering-by-opposition-leader-navalny/30090680.html

    • Discurso típico de XUXA!
      Ainda hoje escrevi isto num blog que se assume asnático !
      Técnica evasiva do Xuxa quando apanhado a fazer m3rd4:
      1º – esconder os indícios.
      2º – negar os factos.
      3º – se as duas primeiras não funcionarem, passar as culpas para o adversário que estiver mais à mão!
      Um xuxa que se preze nunca é culpado de nada, e ainda que seja não se demite (honrosa excepção do recentemente falecido Jorge Coelho).
      E aqui temos mais um vulgar espécime que usa essa abordagem de forma descarada e pouco inteligente.
      Mais valia dizer logo que foi o hacker tuga que enviou o e-mail em nome da CML.
      Mas desde quando é que acreditamos no que um funcionário russo diz ?
      Ou será que também acreditou na história do Lukashenko no caso do avião desviado?
      Se a câmara envia informação para a embaixada, é porque alguém a pediu, ou o grau de “cooperação” é tal que já se antecipam ? Pena que não se veja essa proactividade noutros serviços.
      Se pediram e não a enviaram, afinal serve para quê ?
      Para manter os funcionários da CML ocupados e descurarem outras tarefas mais relevantes ?
      Quando quero também sei montar teorias da conspiração, mas só por diversão, nunca a soldo …

  • Putin Não Precisa da Câmara Municipal de Lisboa Para Saber Quem São os Inimigos da Rússia:

    https://toranja-mecanica.blogspot.com/2021/06/putin-nao-precisa-da-camara-municipal.html

  • Não é correto atribuir este escândalo à suposta Russofobia em Portugal. O escândalo é só causado pelo(s) politico(s) nacional(ais) que comunica(m) a potências estrangeiras dados sobre cidadãos que manifestam. Seja o receptor a Rússia, Israel, a China, os EUA ou qualquer outro país . Isto não se faz. ainda menos quando sabemos que os autores são destes que sempre falam de «cidade de liberdade» etc. etc.

deixe um comentário