Tiquinho

* imagem via Wikimedia Commons (editada)

O Governo socialista vai tornar o Ticão num Tiquinho.

Luís Rosa, no Observador, de 17-6-2021, revela que a dupla Costa-Van Dunem vai integrar o Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa no TCIC (Tribunal Central de Instrução Criminal), vulgo Ticão. Assim, os processos que calhariam a Carlos Alexandre e ao juiz que venha a substituir Ivo Rosa (que está de partida para Nova Iorque, após ter recebido a chupeta internacional de Costa e de Guterres) vão ser distribuídos por mais sete juízes.

O colaboracionismo com o governo de advogados poderosos, de procuradores encostados e de juízes ávidos, todos brevemente recompensados pelo socialismo de tipo italiano, vai permitir que a roda da sorte calhe na casa de juízes de instrução mais dóceis ao poder corrupto.

Na festa socialista da (in)justiça, jogou-se para nulos: venceu-se uma partida longa com o destrunfo do rei de copas e a carta menor do valete de paus. Ao povo só saem duques…

Partilhar

Latest comment

  • De certo modo, assim é que está bem, porque a solução anterior era “excepcional”, e eu começo a ficar farto das excepções :
    – SS para trabalhadores privados, CGA e ADSE para funcionários públicos.
    – Hospitais Privados para ricos, SNS para pobres.
    – Cercas Sanitárias para os provincianos, pseudo-limitações de circulação para Lisboa e pseudo-bolhas para o Porto.
    – Tribunais comuns para a plebe, Ticão para os poderosos (políticos, banqueiros e outros grandes vigaristas capazes e gerar mega-processos).

    Num país que se preocupa tanto com a igualdade (até já teve um ministério dessa coisa), e agora está tão focado na problemática genital e cor da pele, mas deixa de lado (deliberadamente) o que realmente interessa!

deixe um comentário