Terrorismo climático

Segundo notícia da Reuters, de 2-8-2021, a polícia suíça expulsou os alegados “ativistas climáticos” do centro financeiro de Zurique nessa segunda-feira. Os militantes tinham bloqueado as entradas de bancos para protestar contra o financiamento de projetos de combustíveis fósseis.

O grupo ocupava as entradas do Credit Suisse e da UBS na praça Paradeplatz no centro financeiro suíço e recusava-se a sair.

“O Credit Suisse e a UBS têm feito tudo até agora, menos responder adequadamente à crise climática. É por isso que o movimento pela justiça climática está a ocupar hoje a sede do Credit Suisse e o escritório da UBS, situado próximo, para chamar a atenção para as consequências da inação das instituições financeiras suíças”, disse num comunicado Frida Kohlmann, porta-voz do grupo Rise Up for Change.

Os mesmo grupo tinha encenado, na semana anterior, uma atuação fraudulenta do lado de fora da sede do Credit Suisse, fazendo-se passar por representantes do banco suíço a anunciar o fim do financiamento de combustíveis fósseis.

Partilhar

Sem comentários

deixe um comentário