Taxa de carbono entra no IVAucher

Em 9-10-2021, o Jornal de Negócios noticiava que o primeiro-ministro António Costa, no debate parlamentar da quinta-feira passada, dizia que “a emergência climática é uma emergência todos os dias, exige uma taxa de carbono, que vai continuar a aumentar. E é uma política correta não dar um único contributo para baixar a fiscalidade sobre os combustíveis carbonizados”.

Em 22-10-2021, e segundo o JN, o mesmo António Costa anuncia a suspensão condicional da taxa de carbono, juntamente com o seu ministro das Finanças, João Leão. A suspensão deve vigorar até março de 2022, está sujeita a um limite de 50 litros/mês/consumidor e o valor da taxa (10 cêntimos/litro) é devolvido no cartão do IVAucher.

Até ao momento, o Inconveniente não conseguiu apurar se este desconto em cartão se pode acumular com os dos cartões das cadeias de supermercados que dão 20 cêntimos por litro.

Partilhar

Sem comentários

deixe um comentário