O presidente da Câmara Municipal de Odemira, o socialista José Alberto Guerreiro, afirmou que há cerca de dois anos, participou à PJ "e não só" todas as situações que tinha conhecimento, algumas das quais "escandalosas" e que ninguém prestou atenção.

Eram dois homens. Um era forte mas cego e o outro era meio entrevado e zarolho. O zarolho, chamado Governo, volta-se para o forte, que se chamava Povo, e propõe-lhe o seguinte: - Andamos por cá a passar muito mal, devido à pandemia, não achas que podíamos

O Governo socialista adiou medidas mais severas de confinamento da população, desde logo o fecho das escolas, perante uma situação catastrófica de contágios, mortos e falta de capacidade dos hospitais. Não existe recuperação dos mortos, mas perda de vida que seria muito menor se tivesse