- Opinião - Percebe-se que os que defendem os confinamentos sejam os que nada têm a perder. Não perderam os empregos, não perderam as casas, não têm negócios parados, têm os seus salários ou pensões garantidos, podem sair para ir às compras dos bens essenciais