Sendo factualmente o criador e chefe das FP-25, cuja atividade registava (!) em cadernos manuscritos, beneficia da imunidade mediática que refere apenas uma ligação ideológica vaga a este grupo de guerrilha urbana comunista. De vilão a santo. Como o faz o Presidente Marcelo, sempre de

A "Carta aberta às televisões generalistas nacionais" publicada no Público, de 23-02-2021, não me causou admiração. O tom, a forma e o conteúdo da carta, exigindo aos jornalistas e comentadores o exercício da autocensura, é uma marca estruturante do pensamento e linguagem de esquerda. Onde