A mesma lógica foi invertida relativamente às mortes no decorrer da toma das novas vacinas, solicitando-se sempre provas laboratoriais antes de se assumir quaisquer fatalidades como estando àquelas associadas, mesmo quando se tratava de jovens saudáveis – como o polémico caso do Rodrigo.

A lei italiana oferece dois canais para aqueles que sofrem danos causados pela vacinação. O primeiro é o fundo de compensação estatal: um processo administrativo expedito, normalmente de compensação modesta num quadro conhecido como "solidariedade coletiva". O segundo, para reivindicações potencialmente maiores, é conhecido como

Parei por cansaço, parei por desilusão, parei porque o número de mentiras é avassalador, parei porque a mais alta figura da Nação se ultrapassa diariamente como símbolo do ridículo, parei porque o governo e a oposição estão unidos contra as pessoas e contra a democracia,