O livro “O Complexo de Culpa do Ocidente” (no título original, a La Tyrannie de la pénitence : Essai sur le masochisme Occidental, de 2006), de Pascal Bruckner, tem uma tese simples: nós, ocidentais, achamos que o resto do mundo tem de nos odiar, em função