image_pdfimage_print

Quantos casos de atropelamento se devem verificar, para que o número seja estatisticamente relevante e justifique uma intervenção, de quem manda e pode, contra o seu uso impróprio e insensato?