Perguntas de um leigo em medicina

Quatro perguntas de um leigo em medicina sobre a Covid-19:

  1. Se a Covid representa, segundo se diz, uma ameaça maior para quem tenha outras doenças, significa que o estado de saúde anterior à Covid é determinante na sua evolução e desfecho?
  2. Se sim, porque é que as autoridades de saúde não alertaram as populações no sentido de tratar possíveis situações debilitantes (infeções parasitárias, défices vitamínicos, entre outras)?
  3. Por que não houve uma campanha de avaliação de risco com base em análises laboratoriais, nomeadamente para determinação do índice SOFA (Sequential Organ Failure Assessment)?
  4. E por que se desaconselhou a toma de medicamentos que, não sendo comprovadamente contra o vírus, podem seguramente contribuir para a sua prevenção?

Partilhar

Latest comment

  • Resposta/opinião de um leigo.
    1 – Parece que os indicadores apontam nesse sentido.
    2 – Sem grande numero de mortes como se justificaria, principalmente, a “vacina”?
    3 – Na confusão e na ausência de saber como tratar, o desfecho é previsível.
    4 – Resposta dada na pergunta numero 2, acresce que muitos dos medicamentos são mais baratos e como consequência, não conseguiriam levar a uma experiência tão abrangente.

deixe um comentário