Pedido de reunião do Conselho de Segurança da ONU recusado à Rússia

O pedido reiterado da Rússia para uma reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a situação em Bucha foi recusado, disse o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, esta segunda-feira, dia 4-4-2022 – segundo relatou a agência russa Interfax.

“Exigimos uma reunião do Conselho de Segurança da ONU ontem, e os nossos colegas britânicos, que agora presidem o Conselho de Segurança, recusaram fazê-lo. A nossa tentativa de hoje também falhou. Eles dizem que planeiam considerar a situação na Ucrânia em todos os seus aspetos amanhã” – disse Lavrov numa entrevista coletiva em Moscovo.

“Julgo que, conhecendo a diplomacia britânica, o seu objetivo é a dissimulação dessa farsa específica em Bucha, num raciocínio demagógico sobre a natureza da crise ucraniana”, disse o ministro.

“Mas usaremos ainda os recursos da nossa missão permanente para organizar hoje uma entrevista coletiva de imprensa em Nova York, onde serão apresentados materiais detalhados que mostram a verdadeira natureza dos acontecimentos na cidade de Bucha que os nossos colegas ocidentais estão a tentar apresentar como evidência de um crime de guerra pela Rússia.”

Acrescentou Lavrov:

“Vamos insistir que os crimes cometidos pelas Forças Armadas Ucranianas, lideradas por batalhões nacionalistas e neonazis, também não devem, é claro, ficar sem consequências. Estamos a trabalhar com os nossos amigos e colegas na aplicação das normas relevantes do direito humanitário e garantir que essas acusações sejam baseadas em factos muito claros, específicos e irrefutáveis.”

Partilhar

Written by

Sub-diretor do Inconveniente

Latest comments

  • Altamente suspeita esta recusa…

  • Sim, devem estar à procura de atilhos de plástico para atarem as mãos a figurantes. Ou melhor, matam-nos mesmo. Está cada vez melhor a teoria.

deixe um comentário