OMS recomenda, reguladores obedecem

A Organização Mundial da Saúde (OMS), além de desaconselhar a ivermectina em primeiro lugar, fez as seguintes recomendações para o “combate” à pandemia:

  • Forte recomendação para a administração de corticosteroides sistémicos a pacientes com uma forma grave ou crítica de Covid-19 e recomendação condicional de não administrá-los a pacientes com uma forma leve ou moderada da doença.
  • Recomendação condicional de não administrar remdesivir além dos cuidados habituais.
  • Forte recomendação para não administrar hidroxicloroquina ou cloroquina para o tratamento de Covid-19, independentemente do grau de gravidade da doença.
  • Forte recomendação para não administrar lopinavir / ritonavir para o tratamento de Covid-19, independentemente do grau de gravidade da doença.
  • Recomendação condicional para a administração de anticoagulantes em baixas doses a pacientes hospitalizados (esta recomendação faz parte das diretrizes para manejo clínico). Salvo indicação em contrário, sugere-se administrar anticoagulantes em doses baixas em vez de em doses mais altas.

Partilhar

Sem comentários

deixe um comentário