O estoiro da bazuca

Chegou a Portugal, em 3-8-2021, a primeira peça da bazuca de Bruxelas, simbolicamente pela mão de Ursula von der Leyen. São 2,2 mil milhões de euros que a Comissão Europeia atribuiu a Portugal para executar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), coordenado por António Costa Silva, velho amigo do primeiro-ministro..

A chamada bazuca tem para Portugal um valor global de 16,6 mil milhões de euros a entregar pela União Europeia, com 13,9 mil milhões de euros doados e 2,7 mil milhões emprestados com taxa e prazo vantajosos.

O Governo tem a expetativa de efeito multiplicador destes donativos e empréstimos sobre Produto Interno Bruto. A oposição real teme que a bazuca estoire sem o foguete acertar no alvo.

Partilhar

Latest comments

  • “A oposição real teme que a bazuca estoire sem o foguete acertar no alvo.”

    Os foguetes vão acertar todos no bolso dos cronies do regime. Quando a fumaça amainar só haverá cinzas.

  • Claro que não é um problema de “pontaria”, mas sim de escolha do alvo!
    Nem outra coisa seria de esperar, os alvos preferenciais do Governo raramente coincidem com os da Oposição!
    E depois de ter visto a entrevista da Fátima Campos Ferreira, até deu para melhor perceber as opções Maoístas que por vezes vemos nas entrelinhas de certas iniciativas legislativas! É que o grupo de amigos do Costa está cheio de trotskistas, leninistas e maoístas, reciclados e com um banho de água de rosas .

Post a Reply to HMartins Cancel Reply