O barulho do silêncio

image_pdfimage_print

Um utilizador do Twitter publicou um tuíte, no dia 21-10-2022, de um excerto de um vídeo de John Campbell, youtuber conhecido por comentar diariamente a gestão mundial da Covid-19, em que este fica a olhar para a câmara em silêncio, perante informações dadas pelo Serviço Nacional de Saúde Escocês sobre o recente aumento da mortalidade infantil antes e durante o parto e a recusa de investigação da sua correlação com a vacinação de grávidas.

O vídeo já teve mais de 165 mil visitas e o seu vídeo original está no caminho do milhão.

“Esta é a resposta do Youtuber John Campbell à decisão do serviço de saúde escocês, com base num grande aumento de nados-mortos, de não investigar o estado de vacinação das mães. A sua resposta é silenciosa… mas não pode perdê-la.”

Este tuíte já teve quase 6 mil likes e foi partilhado 2,6 mil vezes.

Quem é John Campbell?

Dr. John Campbell é um professor doutor em enfermagem, jubilado, que também foi enfermeiro de acidentes e emergências. Começou a publicar vídeos há 15 anos e agora tem 2,43 milhões de seguidores no seu canal no YouTube.

Desde o início da campanha de vacinação em massa contra a Covid, Campbell encorajou as pessoas a vacinarem-se.

Em fevereiro de 2022, e pela primeira vez, ele reconheceu que as pessoas deviam receber informações suficientes para tomar uma decisão informada.

Por outras palavras, as pessoas deviam dar o seu consentimento informado antes de serem injetadas.

Depois dos documentos de testes da Pfizer – cerca de 10.000 páginas – terem sido tornados públicos, em 1-3-2022, Campbell parece ter “acordado” para a possibilidade das injeções serem muito mais perigosas do que o inicialmente previsto.

Campbell ousou então dizer que as “vacinas” mataram pessoas. Usando dados do Gabinete de Estatísticas Nacionais do Reino Unido, Campbell discutiu o recente aumento do excesso de mortes de bebés antes e durante o parto:

“É disso que trata este vídeo… Não parece estar a ser captado pela grande mídia”, disse Campbell, “mas é realmente muito… hum… descobertas bastante interessantes.”

Enquanto defendeu a vacinação, Campbell foi tolerado. Mas quando descobriu factos não noticiados sobre as vacinas e os divulgou, passou a ser censurado e a sua imagem foi denegrida como a de um “negacionista” defensor de tratamentos não aconselhados pelas autoridades sanitárias.

Também é acusado de fazer vídeos polémicos para ganhar dinheiro no YouTube.

Partilhar

Latest comments

deixe um comentário