Novo livro de Sócrates: farinha do mesmo saco

Noticiou Leonardo Ralha, no CM, de 10-5-2021, que o livro “Só agora começou” assinado por José Sócrates, e lançado em abril, ainda nem sequer vendeu 500 exemplares, não estando sequer nos cem livros mais comprados pelo mercado português.

O ex-primeiro-ministro não deve ter posto a sua tropa a comprar exemplares, como consta do processo Marquês ter feito com “A confiança do mundo”, tese de mestrado na Sciences Po, vertida em livro, que o Ministério Público reuniu provas de ter sido escrita pelo ainda professor da Faculdade de Direito de Lisboa, Domingos Farinho, e paga pelo engenheiro falso.

Não foram indicadas as vendas no mercado brasileiro, onde o livro, que tem prefácio subscrito pela ex-presidente Dilma Rousseff, também foi lançado.

Pela perspetiva da teoria do direito e pelo estilo, o livro, que está extraordinariamente bem escrito, apesar da argumentação falsa, omissão de factos comprometedores e ataque vil ao juiz Carlos Alexandre e ao procurador Rosário Teixeira, parece farinha do mesmo saco.

Partilhar

Latest comment

  • Não só do mesmo saco como da mesma colher…

Post a Reply to Henrique Sousa Cancel Reply