Novas medidas da Alemanha reiteram viragem para o carvão

Segundo notícia difundida pela Reuters em 19-6-2022, a Alemanha anunciou neste domingo novas medidas para aumento dos níveis de armazenamento de gás, a fim de se preparar para a próxima temporada de inverno, temendo que a Rússia possa reduzir ou até mesmo interromper por completo o abastecimento.

Após a invasão russa da Ucrânia, a Alemanha, que depende de Moscovo para a maior parte do gás, está a procurar eliminar gradualmente a energia russa.

O Ministério da Economia da Alemanha, responsável pela segurança do fornecimento de energia na principal economia da Europa, disse que as medidas mais recentes incluiriam o aumento da dependência das centrais a carvão, bem como de um sistema de leilões para incentivar a indústria a consumir menos gás.

Também inclui 15 mil milhões de euros em linhas de crédito para o operador do mercado de gás da Alemanha, através do operador estatal KfW, encher as instalações de armazenamento de gás mais rapidamente, disse uma fonte do governo, pedindo para não ser nomeado.

“A situação tensa e os preços altos são uma consequência direta da guerra de agressão de Putin contra a Ucrânia”, disse o ministro da Economia Robert Habeck em comunicado.

“Além disso, é obviamente a estratégia de Putin para nos tornar inseguros, aumentar os preços e nos dividir. Não deixaremos isso acontecer. Vamos lutar decisivamente, com precisão e sabedoria.”

Partilhar

Written by

Sub-diretor do Inconveniente

Sem comentários

deixe um comentário