ChatGPT não resiste ao teste de Turing

image_pdfimage_print

Alan Turing, considerado o pai da computação teórica, propôs uma experiência que ficou conhecida como o teste de Turing: que só se poderia dizer que um computador “pensa” se um interlocutor humano não puder distingui-lo, por meio de conversa, de um ser humano.

Ora, o ChatGPT apenas produz respostas politicamente corretas que não se distinguem dos artigos de opinião publicados nos órgãos de comunicação dominantes, o que não permite saber se um dado artigo foi escrito pelo seu presumível autor ou se resultou de um copy&paste a partir do ChatGPT. Assim, só os artigos que contrariam o politicamente correto podem ter alguma garantia de autenticidade porque o resto pode ser apenas conversa fiada (chat).

Seja qual for o assunto sobre o qual falamos com o ChatGPT, ele apenas dá as respostas que constam da base de dados com que foi alimentado que, por seu lado, é baseada em “consensos” científicos, políticos, sociais, etc., e apenas nesses, não sendo possível desviá-lo desses “preconceitos”. Daí concluímos que o ChatGPT não cumpre os requisitos do teste de Turing. Um ser humano pode mudar de opinião se a argumentação for lógica e fundamentada, o ChatGPT não!

Se os tais consensos ou preconceitos constantes da base de dados tiverem sido forjados (e financiados) no sentido de se poder implementar uma certa agenda, o ChatGPT será mais um instrumento para a defesa dessa agenda, permitindo “fabricar” textos a metro para doutrinar melhor as massas que se pretende dominar.

Mas as massas, perante a evidência de um pensamento único e monocórdico, podem começar a duvidar dele e passar a prestar mais atenção a opiniões diferentes das opiniões normalizadas, que tanto podem ser humanas como robóticas – mas não inteligentes porque não resistem ao teste de Turing.


Henrique Sousa

Partilhar

Written by

Sub-diretor do Inconveniente

Latest comments

  • Penso que foi churchil que disse que não há opiniões públicas, mas sim opiniões publicadas.
    Constata-se com alguma facilidade as opiniões que a maioria das pessoas têm sobre as alterações climáticas, o covid e agora a guerra na Ucrânia em que inicialmente foram publicadas e depois adoptaram e tornaram-se opiniões públicas.
    Vídeo interessante com um pouco de história
    Operation Ukraine ∙ Terror on demand 23.03.2023 RT doc
    https://odysee.com/@The_uncomfortable_Truth:4/Operation-Ukraine-%E2%88%99-Terror-on-demand:1

    • Bom, parece-me que a IA errou novamente. A profissão de jornalista está praticamente extinta nos meios de comunicação tradicionais, já lá vão uns bons anos. lol
      A concretizar-se tem algumas vantagens. A IA mente, manipula, etc, sem remorsos, vergonha ou qualquer outro constrangimento.

deixe um comentário