Birdwatching you!

O Twitter anunciou, em 25-01-2021, o lançamento da Birdwatch, um sistema de censura comunitária das publicações na sua rede.

Trata-se de uma funcionalidade adicional que oferece aos utilizadores a possibilidade de identificação de conteúdos que utilizadores considerem enganosos e a inserção de comentários de “contexto informativo” nessas publicações. Um esquema de vigilância totalitária de discursos dissonantes.

Apesar da vulgar remoção de comentários, suspensão e eliminação de contas, o Twitter insiste que não faz censura nem coarta a liberdade de expressão dos seus utilizadores.


José Leite
Jornalista

Partilhar

Latest comments

  • Censura é coisa a ser, a cada momento, definida por eles.

  • Passo bem sem eles, se não tiver menos me chateio e mato o pássaro, Só é censurado quem quer, não há almoços de borla.
    O Facebook está a fazer o mesmo o youtube ameaça, não uso, porque não admito que me tratem como idiota útil.
    Voltemos ao correio por carta, ao pombos correio que ainda são utilizados como portadores de mensagens, mas isso é em espionagem, parece teoria?
    Cada vez que aparece uma comunicação que tenha o nome Ivermectina o facebook, coloca uma mensagem a dizer que a OMS do Mengistu não recomenda o uso desse medicamento, um amigo disse-me que devia ser brincadeira, eu disse-lhe que até parece e se fosse comigo nunca mais usava. Como não uso há muito, não entro em conversas de comadres. detesto aquilo. Se aparecer outro em vez do Whatsapp, mudo até ver.
    Esta gente só existe se tiverem gente inscrita. mesmo assim o facebook é das coisas mais intrusivas que conheço mesmo que se tenha desligado da coisa.

deixe um comentário