O povo bem aconselha que não vá o sapateiro além da chinela, mas como resiste “X” a um microfone que lhe permite aparecer na televisão, em pose catedrática e babada, a debitar soundbites que ele acredita inéditos e inteligentes, sobre as massas ignaras?

A maioria dos países democráticos, incluindo Portugal, tem aderido automaticamente a todas as convenções e “avanços”, e há muito que deixaram de fabricar, comprar, instruir e operar certos tipos de armas e munições. O que equivale a dizer que se desarmaram unilateralmente, depositando as suas

No momento em que escrevo, as ofensivas russas, avançando com enormes e inesperados custos, parecem ter perdido todo o ímpeto e sido geralmente detidas pelas defesas ucranianas, apoiadas em obstáculos naturais e pontos fortes urbanos, a cavalo dos principais eixos de aproximação.

No momento que passa, a vozearia pró-Putin emana de todas estas gargantas anti-democracia liberal e parece soar no mesmo tom vagamente alucinado, desde as trincheiras do PCP às dos grupos associados a neonazis e fascistas, mas um ouvido mais atento consegue distinguir diferentes tipologias.