Poderão as "novas" hepatites (com os meios de que se dispõe para diagnóstico clínico de qualquer causa de doença) ser afinal 'doenças velhas em ambiente novo e com alteração das condições do hospedeiro', ou um novo 'síndrome de imunodeficiência adquirida' num grupo da população parado e confinado