Afinal a hidroxicloroquina é eficaz, diz estudo

image_pdfimage_print

* imagem via Wikimedia Commons

Afinal, a hidroxicloroquina é eficaz no tratamento da Covid-19 conforme especialistas defenderam no início da pandemia, diz estudo científico que demonstra a vantagem do uso deste medicamento, em conjunto com azitromicina, em doentes sujeitos a respiração mecânica, noticiou a Fox News, em 3-6-2021.

O estudo norte-americano, do qual ainda falta a revisão dos pares, de Smith, L. G., Mendoza, N., Smith, S., e Dobesh, D. P. (2021). Observational study on 255 mechanically ventilated covid patients at the beginning of the USA pandemic. medRxiv. incidiu sobre 255 doentes. A taxa de sobrevivência nestes doentes graves foi da ordem dos 100%.

O medicamento foi desconsiderado por cientistas e média, após os presidentes Trump e Bolsonaro terem referido médicos que defendiam o benefício da sua administração a doentes com Covid-19. O mesmo se passou com a origem do vírus no laboratório chinês de Wuhan.

O enviesamento de cientistas e média para combater os adversários políticos tem sido demonstrado na pandemia da Covid-19, sendo responsável pelas mortes devido à proibição de prescrição e de acesso dos pacientes a hidroxicloroquina e ivermectina. Nessa tese, os doentes foram as vítimas dessa guerra política. E, nessa linha de interpretação, a responsabilização dos autores desse crime fica pendente.

Partilhar

Latest comment

deixe um comentário