Abusos sexuais de menores na Igreja Católica portuguesa

O problema dos abusos sexuais de menores na Igreja Católica portuguesa, especialmente pelo clero (além de leigos colaboradores) justifica investigação, apuramento de responsabilidades, transparência, apoio às vítimas e pedagogia da mudança da cultura do encobrimento.

Investigação porque muito falta descobrir sobre os abusos sexuais de menores e o seu encobrimento.

Apuramento de responsabilidades porque importa identificar os abusadores, os seus protetores e os seus encobridores.

Transparência porque só o conhecimento da verdade libertará a Igreja deste mal, desde logo por medo de que se conheça o encobrimento do bispo ordinário do lugar e de outros intervenientes.

Apoio às vítimas dos abusos: psicológico, espiritual e material. Apoio psicológico e social em vez de negação e ostracismo. Apoio espiritual em vez de alheamento, para que a vítima encontre o consolo da ferida que o clérigo ou leigo colaborador provocou. E apoio material, que não reconstitui a pessoa nem a compensa, mas ajuda a vítima e sua família a ultrapassar dificuldades causadas pela depressão correspondente.

Pedagogia da mudança da cultura de encobrimento do pastor abusador para uma cultura de proteção prioritária do rebanho de menores e das famílias, formação, prevenção e boas práticas internacionais, comunicação imediata às autoridades civis das queixas e informações de abuso, suspensão dos clérigos ou das funções dos leigos até ao apuramento da sua responsabilidade e processo canónico célere para afastamento dos abusadores da Igreja.

A Igreja, clérigos e leigos, podem sofrer com o conhecimento dos abusos e desiludirem-se com os prevaricadores. Mas só a expiação dos pecados permite a reconciliação e a salvação.

Fiel à sua missão de promoção da verdade e da vida, e no serviço da comunidade, o Inconveniente vai continuar a desvelar em próximos artigos o gravíssimo tema dos abusos sexuais de menores na Igreja Católica portuguesa.


António Balbino Caldeira
Diretor

Partilhar

Latest comments

  • “Investigação porque muito falta descobrir sobre os abusos sexuais de menores e o seu encobrimento.”
    Muito?… Comparativamente com o quê?
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=spPeRpAegF0

    • Bem observado!
      Porque será que não actuam da mesma forma, investigando a pedofilia e violência doméstica nas comunidades judaicas, ciganas ou muçulmanas?
      Já pensaram que o objectivo é derrubar o Catolicismo em Portugal, na Europa? E que para isso, se infiltraram nos seminários e outros centros cristãos de forma a envenenarem os futuros padres/religiosos? E que “os fumos de satanás estão infiltrados no Vaticano”, como disse há 50 anos o papa Paulo VI e tudo isto é resultado dessa infiltração?
      Com que objectivo? Para dar espaço político e ideológico à maçonaria e aos sionistas que querem impor uma nova Ordem Mundial onde sejam eles a mandar!

      • “Porque será que não actuam da mesma forma, investigando a pedofilia e violência doméstica nas comunidades judaicas, ciganas ou muçulmanas?”
        Aí a coisa pia fininho.

deixe um comentário