A guerra do gás VII

A empresa russa Gazprom está a reduzir ainda mais o fornecimento de gás à Alemanha, tendo já na terça-feira [14-6-2022] anunciado reduzir a entrega para 60% – noticiou, em 15-6-2022, o canal alemão de televisão ZDF.

A empresa russa de energia Gazprom está, uma vez mais, a reduzir os volumes máximos de fornecimento de gás através do gasoduto Nord Stream 1 do Mar Báltico para a Alemanha. A partir da manhã de quinta-feira [16-6-2022], apenas um máximo de 67 milhões de metros cúbicos por dia serão bombeados através do gasoduto, anunciou a Gazprom na quarta-feira [15-6-2022].

Mais uma vez, a empresa estatal russa justificou este passo com atrasos nos trabalhos de reparação da Siemens. Portanto, mais uma estação de compressão de gás teve de ser desligada, de acordo com a Gazprom.

Mais tarde, a Agência Federal da Rede alemã rejeitou as alegações da Gazprom de que os atrasos nas reparações numa unidade de compressão de gás fossem o motivo da redução dos volumes de fornecimento de gás.

Para a Alemanha, o Nord Stream 1 é agora a principal linha de abastecimento com gás russo. Anteriormente, a linha Yamal Europe fora interrompida. O trânsito de gás russo pela Ucrânia, que está bem abaixo do previsto, também fora reduzido.

Anteriormente, o ministro federal da Economia, Robert Habeck (Verdes), havia classificado a redução de 40% no fornecimento de gás russo como tendo motivação política.

Apesar disso, um porta-voz da Habeck disse que, após a alteração no Nord Stream 1, os esforços para reabastecer as instalações de armazenamento de gás na Alemanha não iam diminuir. As instalações de armazenamento de gás estão atualmente em torno de 56%, de acordo com o mesmo porta-voz. Mas que a situação tem de ser acompanhada de perto.

Após o anúncio de uma nova redução no abastecimento, o preço do gás no atacado subiu acentuadamente. No operador holandês TTF (Title Transfer Facility), o gás natural a ser entregue em julho custou 108,6 euros por MWh, após 97 euros no dia anterior.

Partilhar

Sem comentários

deixe um comentário