Porque é que antes de 2019 não havia certificados digitais e testes rápidos para uma gripe que era então mais mortal do que hoje é o Covid?